Dupla tentou matar jovem em Juazeiro do Norte mas acabou lesionando o pai dele e um irmão

Por volta das 11 horas da manhã desta quinta-feira (15) em Juazeiro do Norte, pai e filho saíram levemente feridos após serem atingidos por projéteis na ocasião de um atentado à bala. O sinistro aconteceu no cruzamento das ruas Oliveira Alves Pontes e Domingos Rodrigues Barbosa, Bairro Jardim Gonzaga, por onde passava “Rubinho” – (A pessoa marcada para morrer), na companhia de seu pai e de um irmão. Ele conseguiu escapar da linha de tiros e não foi atingido pelos disparos.

Já o seu pai Francisco José Bezerra de Andrade, de 51 anos, saiu lesionado de raspão e o filho Francisco Gilvan da Cruz Andrade, de 25 anos, atingido num dos braços. Eles residem na Rua Manoel Casimiro naquele bairro e seguiam para casa. O pai é testemunha de um crime de posse de arma de fogo, enquanto Gilvan responde a dois procedimentos criminais.

- Publicidade -

No dia 27 de julho de 2017 ele foi preso por uma equipe do RAIO na sua casa após denúncias populares que possuía arma de fogo. Os PMs localizaram um revólver calibre 38 com seis cartuchos intactos enrolado numa toalha que estava dentro de um galinheiro no fundo do quintal da casa. Já no último dia 19 de janeiro ele foi levado à DRPC por manter em seu poder um veículo Crossfox preto o qual tinha sido roubado num caso de latrocínio contra Francisco das Chagas Rodrigues de Oliveira, de 36 anos, encontrado com perfuração na cabeça e amarrado às margens da estrada Juazeiro/Missão Velha.

Fonte: Site Miséria

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Usamos cookies em nosso site para fornecer a experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas. Ao clicar em “Aceitar”, concorda com a utilização de TODOS os cookies. Aceito