Efeito pandemia: 60% dos bares e restaurantes estão com contas de energia atrasadas

Abrasel cobra agilidade na decisão do governo do Estado de quitar essas dívidas para os pequenos empresários

Um dos setores que mais tem sido apenado pelas restrições impostas para conter a disseminação da Covid-19, os bares e restaurantes acumulam dívidas de energia no Ceará. De acordo com levantamento da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no Ceará (Abrasel-CE), 60% deles estão com as contas de luz atrasadas.

“O Estado já se prontificou a pagar as contas de energia, porém precisamos operacionalizar isso com urgência já que a Enel não está disposta a esperar por nada e rapidamente está cortando a Energia tão essencial a todos.” diz Taiene Tighetto, presidente da Associação.

Ele se refere ao projeto anunciado pelo governador Camilo Santana em live ao longo do último lockdown, já foi aprovado pela Assembleia Legislativa. O Estado ainda anunciou, como fez no ano passado, a quitação das contas de energia de 500 mil famílias classificadas como baixa renda.

- Publicidade -

Os restaurantes foram autorizados a voltar a funcionar com o fim do lockdown de março deste ano, mas seguem regras de ocupação máxima e restrição de horários, como determina o decreto de reabertura da economia do Estado.

“As contas da Enel já têm sido altas, e por não ter como pagar, por não ter como trabalhar, muitas pequenas empresas vem sofrendo cortes de energia e por consequência impedimento de voltar a reabrir seu negócio. Tem sido o golpe final no já endividado pequeno empresário”, protesta o presidente da Abrasel, cobrando agilidade da lei aprovada na Assembleia.

Fonte: O Povo

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Usamos cookies em nosso site para fornecer a experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas. Ao clicar em “Aceitar”, concorda com a utilização de TODOS os cookies. Aceito